18 de setembro de 2019

Pesquisador destaca importância das rádios digitais na construção da memória


Por Mayara Silva e Jéssica Gomes 
Encerrando as atividades do XIX Encontro Científico da Universidade Paulista, realizado entre os dias 10 e 12 de setembro, no campus Marquês,os alunos do campus Marquês tiveram a oportunidade de assistir, aprender e discutir sobre o rádio na era digital com pesquisador Dr. Antônio Adami, professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Comunicação da UNIP e Líder do Grupo de Pesquisa “Mídia, Cultura e Memória”.

No início da palestra, o professor Adami falou sobre a falta de alguns atributos para o jovem no mercado de trabalho. Seguindo o cronograma, o palestrante abordou também o conceito da cultura para sociedade, a importância do Rádio e a TV.
foto: Mayara Silva

O docente abordou um pouco de sua visão e experiência científica sobre a cultura e a transformação da sociedade, falando sobre a diversidade entre as pessoas. Ele ressaltou também a importância do estudo científico e afirmou que as oportunidades de investir em pesquisa precisam ser mais aproveitadas, pois isso proporciona ao estudante visibilidade e crescimento profissional.

Questionado pelo professor Sergio Braga, coordenador do curso de jornalismo, sobre a influência do celular no dia a dia das pessoas, Adami reconheceu que o aparelho é a “nossa segunda pele”. No entanto, ponderou, lembrando que as pessoas devem ter uma dosagem em relação ao uso da tecnologia e não deixar de buscar conhecimento através da leitura.