Encontro com Jornalistas 2019

Heródoto Barbeiro particia de evento na UNIP

Encontro Científico

UNIP promove evento para debater a ciência na universidade

Encontro Científico

Franquia é apontada como opção de empreendedorismo

Encontro Científico

Palestra sobre rádios digitais encerra semana de debates na UNIP

29 de junho de 2019

K-Pop: Onda Coreana vem se tornando cada vez mais popular no Brasil

Novo gênero musical, o K-pop vem conquistando espaço não só nas redes sociais, mas em estádios, rádios e, principalmente, na cultura dos países.

Você com certeza já ouviu falar na palavra “K-pop”, seja nos jornais, em redes sociais, ou até mesmo nas ruas. É que a nova febre mundial vem crescendo dia após dia e se estabelecendo cada vez mais no Ocidente. Jovens de diversas partes do mundo já estão familiarizados com o termo, mas gerações mais velhas ainda sentem estranheza. Afinal, o que é K-pop?!

K-pop é uma sigla para Korean Pop, ou, Pop coreano. Se trata de um gênero musical que, ao contrário do que parece, não surgiu agora, mas tem se desenvolvido desde os anos 90. Atualmente a música popular coreana abrange outros gêneros como Rock, Hip Hop, dance-pop, R&B e eletrônica. Sua marca registrada é a grande variedade e investimento em elementos audiovisuais.

Os grupos de K-pop consistem em um grande número de integrantes, sejam eles meninos ou meninas, que cantam, dançam e atuam. Não por acaso, antes de “debutarem” – termo usado para quando os integrantes são escolhidos para entrar em grupos e lançarem músicas – muitos integrantes passam de três a quatro anos sendo treinados pelas grandes empresas de entretenimento. Eles têm aulas de dança, canto, comportamento e atuação e apenas os melhores conseguem vagas para entrar nos grupos.

O K-pop emergiu quando a Coreia abriu suas fronteiras comerciais para o Japão, em frente ao desafio da entrada da cultura japonesa no país, a alternativa foi criar uma fonte de comércio que preservasse a identidade e a cultura da Coreia do Sul. Anos mais tarde, o objetivo continua o mesmo, vender o lifestyle do país para o resto do mundo, entretanto a indústria atingiu níveis surpreendentes, alcançando até mesmo o Ocidente.

A Hallyu, ou Onda Coreana, nada mais é que um termo usado para se referir a este fenômeno de crescimento da popularização da cultura da Coreia do Sul ao redor do mundo, englobando desde a música até a língua. O K-pop, sem dúvidas, é o maior contribuinte do fenômeno. O grupo BTS, sozinho, gera 3,6 bilhões de dólares na economia do país e têm atraído cada vez mais turistas, o resultado tem sido tão notável que o grupo foi escolhido como embaixadores honorários do turismo da Coreia.

No Brasil não é diferente, a Onda Coreana chegou até aqui e têm despertado o interesse de diversas pessoas à Coreia do Sul. Prova disso é o grande número de eventos voltados a cultura coreana realizados em São Paulo. Em 2018 foram cerca de 12 eventos durante o ano todo.

O evento “Esquenta BTS” realizado em 9 de maio de 2019 tem como objetivo fazer uma festa com muita música popular coreana, principalmente do BTS, para se preparar para o show do grupo que acontecerá sábado (25) e domingo (26). Grupos covers dançando as famosas coreografias, diversos clipes de K-pop, produtos que vão desde camisetas até bottons espalhados por mesas, meninas e meninos com roupas estilo coreano, é este o cenário que se encontra ao participar do evento.


fotos: Letícia Santos

Mas por quê a cultura coreana e principalmente o K-pop tem alcançado pessoas de lugares tão distantes? 

Milena Santos, de 22 anos, fã de K-pop responde para gente:


Segundo Carlos Santos, formado em Música, o fenômeno se deve ás redes sociais. ”As coreografias, presença de palco e recursos audiovisuais são bastante importantes, mas se não fosse as redes sociais ligando as pessoas, nunca nem saberíamos o que é K-pop.” aponta.

E o gosto pela cultura coreana ou música pop coreana não tem se limitado a apenas adolescentes, muitas pessoas na faixa etária dos 20 aos 30 anos são fãs ávidos e conciliam a vida adulta com ser fã.Como é o caso a apresentadora do evento Esquenta BTS, a Gabriela, uma youtuber que encontrou no K-pop não só uma diversão, mas hoje em dia trabalha com isso.

Em uma conversa com o Pop Mix a Gabs, como gosta de ser chamada, nos contou como o K-pop mudou a vida dela e a aproximou da Coreia do Sul. Confira!



Conheça alguns grupos de K-pop


BTS – Essa é uma boy band sul-coreana que tem ganhado cada vez mais espaço na música pop mundial, conquistando fãs ao redor do mundo. Na verdade, BTS é uma abreviação para Bangtan Sonyeondan. O grupo se formou em 2013 e possui 7 integrantes, são eles: Jin, Suga, J-Hope, RM, Jimin, V e Jugkook.
A ascensão do grupo se deu em 2017, com o lançamento do álbum “Love Yourself: Her". Ao contrário do que muitos pensam, o grupo não possui músicas totalmente em coreano, muitas das faixas misturam o inglês e há também faixas em japonês. Com todo o sucesso do grupo, eles se tornaram a primeira banda sul-coreana a vencer o Billboard Music Awards.



MONSTA X – O grupo surgiu no programa NO.MERCY, que foi ao ar entre dezembro de 2014 a fevereiro de 2015. A banda é composta por Shownu, Wonho, Minyuk, Kihyun, Hyungwon, Jooheon e I'm. Sua estreia oficial foi em 13 de maio de 2015 e seu primeiro álbum (Trepass) foi lançado no dia seguinte, contendo 7 faixas



BLACK PINK – Formado por 4 meninas (Jennie, Jiso, Lisa e Rosé), a girl band vem se tornando destaque e ganhando espaço em meio a música mundial. O grupo foi escalado para tocar na edição deste ano do Coachella, se tornando o primeiro grupo de K-pop totalmente feminino a se apresentar no evento.
A banda possui o próprio reality show, o “Black Pink Show". Atualmente é exibido no YouTube e mostra como é a vida das meninas por trás dos holofotes.



TWICE O grupo tem 9 nove membros, as quais são: Jihyo, Nayeon, Sana, Mina, Momo, Dahyun, Tzuyu, Jungyeon e Chaeyoung e foi formado no reality show Sixteen.



GOT 7 – O grupo teve o clipe de sua primeira música “Girls, girls, girls" lançada em 15 de janeiro de 2014 e a performance de estreia foi em 16 de janeiro no M!. O grupo é formado por 7 meninos, são eles: JB, Mark, Jackson, Jinyoung, Yougnjae, BamBam e Youngyeom.