1 de outubro de 2017

Alunos da Unip encenam Rota 66, de Caco Barcellos




Por Giovanna Nucitelli         Foto: Diego Marques
Os alunos de jornalismo da Universidade Paulista (UNIP), campus Marquês, apresentaram na última quinta-feira uma adaptação do livro Rota 66, do jornalista da TV Globo, Caco Barcellos, na abertura do Encontro de Jornalismo, promovido anualmente pela universidade.
A obra relata a perseguição e morte de um grupo de jovens de classe média executados por uma ação de uma das unidades das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (ROTA). Com o livro, lançado em 1992, o jornalista conquistou o Prêmio Jabuti, no ano seguinte.
A apresentação reuniu os alunos de jornalismo do primeiro ao quarto semestre no elenco e produção. Anderson Rodrigues de Jesus, diretor da peça, relatou que a encenação foi um desafio, por trabalharem com um clássico. Apesar disso, considerou a experiência como gratificante e motivadora.
Palestras
O Encontro de Jornalismo contou ainda com a participação da jornalista Pryscilla Paiva,  do fotógrafo José Luís da Conceição e do editor Elfrídes de Oliveira. Os temas abordados pelos palestrantes foram suas experiências profissionais e sugestões para os estudantes ingressarem no mercado de trabalho.
Pryscilla Paiva, repórter meteorológica do Canal Rural, descreveu sua trajetória pelas empresas Somar Meteorologia, TV Band e TV Record. Afirmou que na carreira nem todos os trabalhos serão remunerados financeiramente, mas sim com experiência.

José Luís da Conceição, repórter-fotográfico que já passou pelo O Globo e Notícias Populares, narrou suas experiências e as histórias por trás das fotografias icônicas. Deu dicas aos alunos sobre o futuro profissional e os principais materiais do jornalista: a curiosidade e a persistência. Finalizou com a mensagem: “Temos que ter paixão pelo que fazemos. O importante é que dentro das escolhas que fizermos naquele momento da vida, estejamos felizes. A felicidade tem que nos pautar para seguir o nosso caminho”.
Encerrando o evento, Elfrídes de Oliveira, editor da Record News, afirmou que mesmo os jovens podem alcançar cargos elevados, como de editor-chefe. Contou, ainda, sobre sua experiência nos canais TV Pantanal e Canal Rural, onde foi repórter, produtor, apresentador, editor e editor-chefe.